CTC do INMA


CONSELHO TÉCNICO CIENTÍFICO DO INMA
CAPÍTULO IV
ÓRGÃO COLEGIADO
Seção I
Do Conselho Técnico Científico
Art. 24. O Conselho Técnico Científico – CTC é órgão colegiado com função de orientação e assessoramento ao Diretor no planejamento das atividades científicas e tecnológicas do Instituto.

Art. 25. O CTC contará com nove membros, todos designados pelo Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e terá a seguinte composição:
I – o Diretor do Instituto, que o presidirá;
II – dois servidores, de nível superior, do quadro permanente das carreiras de Pesquisa em Ciência e Tecnologia e de Desenvolvimento Tecnológico ou da carreira da Cultura, no Instituto;
III – três membros dentre dirigentes ou titulares de cargos equivalentes em unidades de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações ou de outros órgãos da Administração Pública, atuantes em áreas afins às do Instituto; e
IV – três membros representantes da comunidade científica, tecnológica ou empresarial, atuantes em áreas afins às do Instituto.
§1º Os membros mencionados nos incisos II, III e IV terão o mandato de três anos, admitida uma única recondução.
§2º Os membros do inciso II serão indicados a partir de eleição promovida pela Direção da Unidade de Pesquisa, entre servidores.
§3º Os membros dos incisos III e IV serão indicados pelo Diretor ao Ministério.
Art. 26. Ao CTC compete:
I – apreciar e supervisionar a implementação da política científica e tecnológica e suas
prioridades;
II – pronunciar-se sobre o relatório anual de atividades, bem como avaliar resultados dos programas, projetos e atividades implementados;
III – acompanhar a avaliação de desempenho dos servidores das carreiras de Pesquisa em Ciência e Tecnologia e de Desenvolvimento Tecnológico;
IV – acompanhar a aplicação dos critérios de avaliação de desempenho institucional, em conformidade com os critérios definidos no Termo de Compromisso de Gestão pactuado com o Ministério;
V – participar efetivamente, por intermédio de um de seus membros externos ao Instituto, indicado pelo Conselho, da Comissão de Avaliação e Acompanhamento do Termo de Compromisso de Gestão; e
VI – apreciar e opinar a respeito de matérias que lhe forem submetidas pelo Diretor.
Art. 27. O funcionamento do CTC será disciplinado na forma de Regimento Interno, produzido e aprovado pelo próprio Conselho.

Edital de busca para Diretor do INMA

A Lei que cria o Instituto Nacional da Mata Atlântica-INMA foi sancionada,o Decreto que regulamenta a Lei foi publicado, mas ainda é necessário um edital público de escolha de Diretor, pois sem isso a instituição permanece com sérios problemas de gestão, recursos humanos e recursos financeiros.

A criação do Comitê de Busca, portanto, é agora a principal reivindicação do MoveINMA – Movimento em Defesa do Instituto Nacional da Mata Atlântica, que conta com a participação cientistas, educadores, estudantes, ambientalistas e representantes de organizações congêneres, de vários estados brasileiros.

Expectativas para o INMA Seminário

20151007Seminário Científico, no âmbito da Semana Estadual e Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, com o objetivo de promover a difusão da científica, com ênfase na área de proteção da biodiversidade. Além disso, refletir sobre o papel científico e cultural do naturalista capixaba Augusto Ruschi, bem como contribuir para o fortalecimento das ações voltadas para o conhecimento e conservação da Mata Atlântica no Estado do Espírito Santo.

Este Seminário trará alguns dos mais importantes líderes no Brasil no que tange ao conhecimento, planejamento e conservação da biodiversidade, bem como de estratégias de desenvolvimento científico e popularização da ciência. Além das palestras e discussões que esses especialistas proporcionarão, a sua vinda estabelecerá vínculos com pesquisadores, estudantes e gestores, que deverão contribuir para o planejamento das ações do INMA.

Este Seminário, portanto, deverá enriquecer as atividades da Semana Estadual e Nacional de Ciência e Tecnologia, contribuir para a formação de profissionais e estudantes, bem como para o delineamento de políticas públicas nas áreas de conhecimento e conservação da biodiversidade, com ênfase na Mata Atlântica.

INSCRIÇÕES

PROGRAMAÇÃO

Dia 22/10 – Quinta
Manhã
9h30min Café com Prosa
10h00 Exibição do documentário “Augusto Ruschi, Guainunbi”
10h30min Abertura solene com presença de autoridades e convidados

Tarde
14h00 Palestra “Os Institutos nacionais de pesquisa do MCTI”
Dr. Adalberto Fazzio – Sub-Secretário de Unidades de Pesquisa do MCTI
15h10min Palestra ”Difusão e Popularização da Ciência no Brasil”
Dr. Ildeu de Castro Moreira – Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ
16h20min Intervalo para café
16h50min Debate: “História, meio ambiente e difusão científica na obra de Augusto Ruschi”.
Dr. Sérgio Lucena Mendes e MSc. Alyne dos Santos Gonçalves – Universidade Federal do Espírito Santo UFES

Noite
20h00 – 22h00 Atividades culturais

Dia 23/10 – Sexta

Manhã

8h00 Palestra “Redes de Conhecimento da Biodiversidade no Brasil”
Dra. Ariane Luna Peixoto – Jardim Botânico do Rio de Janeiro
9h10min Palestra “Novos Desafios e Oportunidades Para a Conservação
da Mata Atlântica”. Dr. Clóvis Borges – Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem
10h20min Intervalo para café
10h50min Perspectivas do Instituto Nacional da Mata Atlântica na difusão científica e tecnológica. Dr. Arlindo Serpa Filho – Instituto Nacional da Mata Atlântica

Tarde
14h00 Palestra “Novas perspectivas para a restauração ambiental através da nucleação”
Dr. Ademir Reis – Universidade Federal de Santa Catarina UFSC
15h10min Palestra “Os Institutos Nacionais e o Programa de Pesquisa em Biodiversidade”
Dr. William Ernest Magnusson – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
16h20min Intervalo para café
16h50min Palestra “Ciência e Agroecologia no Brasil”
Dr. José Maria Gusman Ferraz – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA

Noite
19h30 Lançamento do “Catálogo do Acervo textual de Augusto Ruschi no Instituto Nacional da Mata Atlântica (Museu de Biologia Prof. Mello Leitão)” de Alyne dos Santos Gonçalves e Marcello França Furtado
20h00 – 22h00 Atividades culturais

Dia 24/10 – Sábado

Manhã
8h30min Palestra “Ciência e Conservação da Mata Atlântica”
Dr. Fábio Rubio Scarano – Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável
10h00 Intervalo para café
10h20min-12h00 Roda de conversa com palestrantes e convidados: “O que esperamos do Instituto Nacional da Mata Atlântica – INMA”

Realização

INMA Instituto Nacional da Mata Atlântica
Museu de Biologia Prof. Mello Leitão
MCTI Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

SECTI Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação
Governo do Estado do Espírito Santo

SAMBIO Associação de Amigos do Museu de Biologia Prof. Mello Leitão

Parceria
Secretaria de Estado da Cultura
Instituto SINCADES

Apoio

UFES Universidade Federal do Espírito Santo
MinC Instituto Brasileiro de Museus
Prefeitura Municipal de Santa Teresa