CTC do INMA


CONSELHO TÉCNICO CIENTÍFICO DO INMA
CAPÍTULO IV
ÓRGÃO COLEGIADO
Seção I
Do Conselho Técnico Científico
Art. 24. O Conselho Técnico Científico – CTC é órgão colegiado com função de orientação e assessoramento ao Diretor no planejamento das atividades científicas e tecnológicas do Instituto.

Art. 25. O CTC contará com nove membros, todos designados pelo Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e terá a seguinte composição:
I – o Diretor do Instituto, que o presidirá;
II – dois servidores, de nível superior, do quadro permanente das carreiras de Pesquisa em Ciência e Tecnologia e de Desenvolvimento Tecnológico ou da carreira da Cultura, no Instituto;
III – três membros dentre dirigentes ou titulares de cargos equivalentes em unidades de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações ou de outros órgãos da Administração Pública, atuantes em áreas afins às do Instituto; e
IV – três membros representantes da comunidade científica, tecnológica ou empresarial, atuantes em áreas afins às do Instituto.
§1º Os membros mencionados nos incisos II, III e IV terão o mandato de três anos, admitida uma única recondução.
§2º Os membros do inciso II serão indicados a partir de eleição promovida pela Direção da Unidade de Pesquisa, entre servidores.
§3º Os membros dos incisos III e IV serão indicados pelo Diretor ao Ministério.
Art. 26. Ao CTC compete:
I – apreciar e supervisionar a implementação da política científica e tecnológica e suas
prioridades;
II – pronunciar-se sobre o relatório anual de atividades, bem como avaliar resultados dos programas, projetos e atividades implementados;
III – acompanhar a avaliação de desempenho dos servidores das carreiras de Pesquisa em Ciência e Tecnologia e de Desenvolvimento Tecnológico;
IV – acompanhar a aplicação dos critérios de avaliação de desempenho institucional, em conformidade com os critérios definidos no Termo de Compromisso de Gestão pactuado com o Ministério;
V – participar efetivamente, por intermédio de um de seus membros externos ao Instituto, indicado pelo Conselho, da Comissão de Avaliação e Acompanhamento do Termo de Compromisso de Gestão; e
VI – apreciar e opinar a respeito de matérias que lhe forem submetidas pelo Diretor.
Art. 27. O funcionamento do CTC será disciplinado na forma de Regimento Interno, produzido e aprovado pelo próprio Conselho.

SITUAÇÃO ATUAL

Para esclarecimentos:

Este situação atual, onde primatas X mosquitos X doença parasitária X população estão envolvidos, nos coloca para assistirmos de camarote a resposta aos problemas que afligem o ecossistema e os resultados produzidos. Isso se dá pelas alterações, como por exemplo, o desmatamento que pode alterar os padrões de doenças infecciosas, afetando as distribuições de vetores (por exemplo, mosquitos) ao longo do tempo, refletindo na incidência, dimensão e direcionamento das doenças infecciosas. Tais alterações estão intimamente ligadas a especificidade do ecossistema e que também dependem muito da suscetibilidade da população.

Para que não conhece!!
Haemagogus e Sabethes, são mosquitos silvestres que não se criam na beira de lagoas e rios. Preferencialmente vivem em copas de arvores, dentro de ocos e buracos que acumulam água, mas podem picar no solo, por exemplo, se um humano se estiver no local.

Algumas notícias sem comprovação cientifica tem trazido confusão para as pessoas. Se informem com especialistas na área de entomologia médica para comprovar a veracidade das informações.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Prezados seguidores,
Em nome da SAMBIO gostaria de informar que as notícias veiculadas sobre a relação do surto de febre amarela e a tragédia do Rio Doce provocada pelo rompimento de uma barragem em Mariana-MG, não estão ligadas a associação. As informações que foram colocadas em páginas, perfis e grupos que remetem a nossa entidade não possuem teor comprovado cientificamente e nem apresentam fontes com autenticidade.
Vale ressaltar a SAMBIO busca agir com responsabilidade e veracidade aos fatos que são veiculados.
Desse modo e como orientação aos senhores, segue a lista dos nossos meios de comunicação:

FACEBOOK:
SAMBIO: https://www.facebook.com/sambio.mbml

Museu Mello Leitão de portas abertas:
https://www.facebook.com/groups/242978052511152/

Bio Ação: https://www.facebook.com/bioacao.sambio

SITES:
sambio.org.br/